quinta-feira, 19 de junho de 2008

Denúncia de céu


Do teus olhos ouvi
Noite nesta, cheia lua
Suspira por mim

Do teu pensamento li
Alma trêmula, e tua
Sem começo e fim

Instante esse
Percebi
Pela trilha
Que teu rastro dedilha

Bastante interesse
Senti
Amor é armadilha
Feitiço de luz que brilha


(Cris de Souza & Cáh Morandi)

Um comentário:

cesar disse...

Como não suspirar?O céu denuncia que és manancial de emoções.