quinta-feira, 5 de junho de 2008

Visível


Na minha íris:
em alta tuas matizes
Na minhas pupilas:
tua tez que se pinta
No meu coração
nuances andarilhas
duma cega paixão
Á vista
Avisa
Visa

(Cris de Souza)

Nenhum comentário: