segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Canto de encanto

(dedicado a Cesar)


asas negras
pássaro caro
de gorjeios
tão raros

essência alva
contorno de ouro
ole no couro

íris encanta
céu se tinge
de pura vertigem

lua bordas,
nasce pintura:
retrato de luminura !


(Cris de Souza)

2 comentários:

Cesar Maia disse...

Não merecia este presente.Te agradeço e sempre te adorarei.

Ulisses Reis disse...

Belissimo , meus parabens, que lindo, beijos !!!!