sábado, 8 de novembro de 2008

Admirável



como pode
com seus trejeitos
ser feroz e afável ?

como pode
com seus efeitos
ser foz e inflável ?

vento incerto
que me embala
da calma a loucura
em intensa aventura

mar aberto
que me ampara
do raso ao profundo
em imensos segundos

(Cris de Souza)

10 comentários:

Marisa Vieira disse...

(...)"mar aberto
que me ampara
do raso ao profundo
em imensos segundos"

(Cris de Souza)

Simplesmente o máximo! Adorei!
Parabéns linda!

Beijos
Mariluz*

Carlos disse...

Simplesmente... Admirável! Você ou a poesia? As duas! Heheheh.
Beijos Cris!

Vinícius Remer disse...

cris de souza
Depois dessas belas palavras só posso dizer: Obrigado

REGGINA MOON disse...

Sempre nos tras gratas surpresas!!DIVINO!!!BEIJOS...
Reggina Moon

malu jacques disse...

Seus versos... seu mar...seu "ampara do raso ao profundo"
M..A...R...A...V...I...L...H...A!
Bjos

Tatá R. da S. disse...

Lindo demais!!!!
Presente dos deuses! ^^
Nem preciso dizer que amei.
=***

Telles disse...

(...)"mar aberto
que me ampara
do raso ao profundo
em imensos segundos"²

Atilano Ayres de Moura disse...

De repente,
como podes
ser nascente,
tambem a foz ?

vento incerto
chega loucura
mares aberto
vem aventura !

quando a ti calma
me pega profundo
todas as semanas
são só um segundo.

Atilano sobre,
Admirável
(Cris de Souza)

Cesar Maia disse...

É verdade:admirável é como és tão arrebatadora.

Lúcia disse...

"mar aberto
que me ampara
do raso ao profundo
em imensos segundos"

Nelson rodrigues já disse q a unanimidade é burra! Mas no seu caso ele estaria enganado. Essa estrofe é um unanimidade inteligentíssimaaaa. Beleza pura, cinderela!

Bjinhos