sábado, 20 de dezembro de 2008

Assim

no desvio
teu vestígio
fecunda licor

sede que
tesa se faz...
diz que é hora
e vem agora

no pavio
teu resíduo
firula vapor

cede que
acesa me faz...
diz que sim
e vem pra mim

(Cris de Souza)

6 comentários:

lord jafa disse...

olá cris, então, gostei muito do final.

"cede que
acesa me faz...
diz que sim
e vem pra mim"

imaginei vc me chamando.

beijo querida!

Henrique disse...

presente de natal...

http://www.bsimple.com/home.htm

Beco da Lua disse...

cede ao bem que é de ti
vá por fogueiras acesas
alumia arredores
assim, como quem não quer nada
e tudo tem

Tatá R. da S. disse...

Sedutor, entrega!

Belo, belo e belo! =]

Anônimo disse...

Minha querida,

Eu vou correndo pra ti.

Beijos carinhosos

Gasal veliz disse...

"no pavio
teu resíduo
firula vapor"

tem uns jogos de palavras que só existem em você.

de queixo pela 10235485202135 vez.