quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Adverso


Luares atravesso
Raiando versos
- Apuro

Mares do avesso
Olhar submerso
- Sussurro

Céu em chamas
Marulha vento
- Declama

A vida, o drama:
A trama. O tempo
- Exclama

(Cris de Souza & Lucas de Oliveira)

4 comentários:

Lucas de Oliveira disse...

Eu sussurro, declamo e exclamo meu carinho por ti! =]

Lindaaaa!

Henrique disse...

Poema da Maga
Explode retina
- Empetrifica

Paulo Vitor Cruz disse...

eita, um poema a dois...q doideira...

gostei desse...gostei da idéia e do "processo produtivo"

Daniel disse...

deixando meu rastro....