segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

À flor da pele


no tal cantinho
que rego as cores
cortejo os lírios
(céu dos poetas)

goteja seiva
virando os cílios
por toda terra

fértil fragrância
irei plantar
muda esperança

(Cris de Souza)

12 comentários:

malu jacques disse...

Que amor, que delicadeza neste poema!!! Sabes ser tão suave quanto agressiva nos teus poemas!!! Versátil, inteligente!!
Bjos

Beco da Lua disse...

num cantinho escondido
onde cílios balançam
líricos poetas brincam
derramando seiva
fertilizando a pele
extraindo silvestres notas
do perfume "cristal"
por certo
a caixa de segredos
do mais exótico desejo

Lucas de Oliveira disse...

Coisa linda! Apaixonante.

Anônimo disse...

caralho!

que surpresa

é solto, diferente do seu habitual

mas é lindo
é perfeito
é imenso

o ritimo, a sonoridade

sei lá
o não rimar desse, demonstra que vc domina muito mais as palavras do que a gente possa imaginar

sério

em especial esse me arrebatou!



André Ulle

Machado de Carlos disse...

A terra é farta. O Sol, com seu manto a ataca em pleno cio.

Machado de Carlos disse...

Suas imagens se curvam ao seu verbo.

Regina disse...

Esse tal cantinho... quem não tem ?

Decifra tudo,você!

Beijo!

Bubaloo disse...

Cristal! Neste sentir de emoções que nos atormentam no dia a dia,adorei a escrita muito sentida.
Espero que tudo esteja bem contigo?
Aqui fica o meu beijinho com muita amizade.


Edna

Ulisses Reis disse...

Que escreve assim sempre tem e distribui ESPERANÇA, muito bom, beijos !!!!

Cesar Maia disse...

fértil fragrância
irei plantar
muda esperança

A síntese de tudo o que és.És tudo.

D. Versus disse...

Qualquer descrição
seria muito humilde
para a grandeza
do 'ser' de teus poemas.

Heitor Bergmann disse...

heitor esteve aqui.

vote em mim. o/

escolho "à flor da pele" para postar a maldição do antigo povo Saara.


que as pulgas... de mil.. MIL!!!.. camelos....!!

manifestem no cu daquele que estragar seu dia....!!!!!!!

e que tenham braços curtos! CURTOS!!!!.... para poder coçar....!!!!