terça-feira, 30 de junho de 2009

A Metáfora


Basta uma tenda
Pro levantar do terreno
Que se endurece por osmose

Num pedaço soturno
Lagarta se descasa

Basta uma fenda
Pro libertar do tempo
Que se enaltece metamorfose

Num espaço oportuno
Borboleta bate as asas

(Cris de Souza)

15 comentários:

Cuca disse...

Tu vais longe...
Divina!

**lugullar** disse...

basta fenda
abre espaço
bate asas
voa baixo
intrépida lluz

Machado de Carlos disse...

O filho da musa Calíope
Barrou o Céu com sua canção...
Eurídice perdeu a ação,
O beija-flor parou de voar,
O selvagem perdeu o medo
E a rosa bailou... Que som ouvira!...
Era sensual o tom da lira;
— Até Apolo começou a sonhar!...

Vera disse...

Minha querida Cris...queria tanto saber dizer versos lindos,ter um minimo de sua poesia , para descrever o quanto me tocas...desde sempre minha flor, ja se passaram anos (sei lá quantos)e quanto mais conheço mais quero...é isso amiga, viciei em ti e ponto.
Vera.

José Pedro da Silva disse...

SEUS VERSOS TRANSPIRAM REQUINTE!

LINDOSS!!!

BEIJOSSSS

Tatá R. da S. disse...

"Capturando esse momento,
aonde vida é movimento
no ritual de toda borboleta
todo registro exala sentimento."

Lindo!

Bubaloo disse...

Como pode certas metáforas serem tão precisas? Era o que eu precisava "ler" a tempos, tenho que admitir que estou rindo sozinha daqui...
Por mais estranho que possa parecer, obrigado!
Bom final de semana pra ti!

Atilano Ayres de Moura disse...

Assim como é no céu
Movimento das águas
No coração do vulcão
Fogo levanta larva

Vem o ovo
Na lagarta
O casulo
Borboleta.

Contra ponto sobre ‘A Metáfora’ de (Cris de Souza)
Atilano em 01 de julho de 2009

Vinícius Remer disse...

Todos nós precisamos ser assim: meio borboletas; voar; crescer; viver

Úrsula Avner disse...

Lindo e sensível Cris. Bj.

Mateus Araujo disse...

A originalidade de Deus ao fazer uma borboleta trouxe uma poetiza
Lindo lindo!
XD

BJ♥

REGGINA MOON disse...

Cris,

Todos nós temos nosso momento exato de sermos "borboletas", uns conseguem, outros não se libertam, e passam cegos pela fenda!

Um grande beijo,

Bom final de semana!Adoro-te!

Reggina Moon

Paulo Vitor Cruz disse...

"Basta uma fenda
Pro libertar do tempo"

é isso o q a gente costuma se esquecer as vezes...

abs.

Rodrigo Mesquita disse...

Agora voe!

Histórias e Versos disse...

Você realmente surpreende. Muito lindo o poema. Incrivelmente, acabou por transcender.

Beijos,

Marcos Vinícius.