quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Faísca

Só tu me venhas
Por qualquer vento

Brindando o sopro
Bradando lenhas

Só tu me tenhas
Por qualquer tempo

Rompendo o fogo
Rasgando senhas

(Cris de Souza)

13 comentários:

Paulo Vitor Cruz disse...

hum, uma proposta interessante... resistirei?..(a resposta desta pergunta e de outras mais na próxima edição.. n perca.. risas...)

*saudades de teclar contigo..

besitos.

Lilian disse...

Que só tu me tenhas /por qualquer tempo.
Lindoooo ! Me identifiquei.
Beijos !

Cuca disse...

Ô delícia de lira!

Só tu pra alvoroçar as entranhas, com força tamanha...

Cuca disse...

Deu até vontade de cantar:

" Meu bem você me dá água na boca... "

Tatá R. da S. disse...

Direto! Quentíssimo e intenso.
*-*

Beijos, linda!

fábio de souza disse...

"que só tu me tenhas / por qualquer tempo" . realmente não muito a se dizer depois disso. muito bom mesmo. um abraço.

Lili disse...

rompendo o fogo ... rasgando senhas...
Vc se superou minha linda poetisa!!!
Bjs doces

Machado de Carlos disse...

Olhando o Céu

A tua ausência me deixa sem saída;
As horas são tristes sem te ver!...
Sempre precisei de ti pra viver,
No céu, procuro a estrela querida.

Crio frases e pensamentos sem vida;
No fundo, é o resumo do meu ser.
Amanhã a flor irá renascer,
trazendo forças para a minha lida?!

O relógio é cruel... a hora passa....
Sem ti o pássaro canta sem graça,
esperando o teu riso de marfim.

Quando foste, não encontrei teus rastros;
Desapareceste na amplidão... entre astros...
Fiquei no oceano de prantos sem fim.

Ribeirão Preto, 16 de julho de 2003.
21h38 min.

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras em 04/02/2009
Código do texto: T1421946

Julia Pastore disse...

rasgando senhas é muito bom! furando fila, eu li. atropelando. pouco importa quem estava na frente, chegue. e se chegar assim, com faísca, vai encontrar a lenha. e o trem vai.

bjo!

Priscila Rôde disse...

Maravilhosa essa intensidade!
Saudades de conversar contigo Cristal.

Lisarda disse...

Mágica.

Úrsula Avner disse...

Cris,

seus poemas me fazem viajar em cada verso, cada palavra. Bela canção poética onde a profundidade do seu eu-lírico transborda e intriga. Você tem um dom especial de poetizar, onde o arranjo de palavras exprime beleza e significado... É sempre um prazer " te ler". Bj.

Úrsula

Regina disse...

Que nunca percas essa inspiração intensa e maravilhosa !!

Ainda bem, que todo mundo tem alguém assim...

Beijo grandeee !!