domingo, 12 de dezembro de 2010

Emblema

 (luís vieira batista, erupção primordial)

transpiro
a ferro e fogo

no degelo
da superfície
cálida      

marco o ponto
que expele
o magma

transpiro
a berro e rogo

no desterro
da superfície
cáustica 

arco o ponto
que excede
a máxima


(Cris de Souza)

32 comentários:

AC disse...

Transpirar, eis o ponto. No caso, forjado no desterro, com nota máxima.

beijo :)

Tania regina Contreiras disse...

Que belo, Cris! Sempre muita beleza e sutilezas imperdíveis por aqui.
Beijos

Assis Freitas disse...

as imagens me conduzem em lavas, pura ebulição


beijo

MARTINS PESCADOR disse...

Considero que a sua poesia tem essa força, que faz a alma remexer e transpirar sentimento. É um calor para dentro daquilo que esteja adormecido e precisa acordar para romper as camadas que o contém.

Luiza Maciel Nogueira disse...

belíssimo de tão intenso!

beijo!

Lara Amaral disse...

Vc é bem isso, uma explosão sem igual!

Poetisa porreta, cheia de personalidade e criatividade.

Beijo da sua fã.

Eder Asa disse...

UOU!
Forte!

Machado de Carlos disse...

Antes a Terra era sublimada como a mulher, movida a fogo. Hoje a Terra é água e a mulher também. Que bom viver as maravilhas das mulheres e ser partícipe da Terra em flor. Tudo nos detalhes femininos. Somente o Céu é Azul, mas deveria ser verde.

Fernand's disse...

a incorfomidade... lindo.


bjs meus

Alberto Moreira Ferreira disse...

Cris,

determinação, perseverança..., belo

bj

Jorge Pimenta disse...

senti um vulcão de lava cor de framboesa a jorrar pétalas de jasmim acima das nossas cabeças. só com a poesia. só com a tua poesia!
um beijinho, amiga-parceira!

Úrsula Avner disse...

Oi amiga,

intensa transpiração poética que resultou em versos que explodem em emoções... Bj grande.

Eduarda disse...

Cris,

e mais uma vez fico sem palavras.

tens nas tuas uma força, imagens tão suaves, mas ao mesmo tempo tão fortes, que fico queda a senti-las.

bj

Marcantonio disse...

Excedendo-se, correndo pela superfície, inundando a planície vazia com o máximo do próprio sentido.

Beijo.

Dario B. disse...

Forte, sem controle, como magma. Um beijo.

Albuq disse...

Dá prá sentir teus versos, fortes e belos!

Vais disse...

Cris,
senti algo de muito 'bonito' (no mínimo), me tocou lindamente.
beijinho

dja disse...

aiiii cris lindoooooo, forte nussaaaa. " transpiro a ferro e fogo ...transpiro a berro e rogo ...uauuuuuuu adorei. bjos lindonaaaaaa.

André disse...

Bom dia, Cris,

tua poesia é muito expressiva e intensa. Meus parabéns! e obrigado pela visita, volte sempre. Saudações poéticas,

André

Valéria Sorohan disse...

Na pele a poesia pulsa.
nas suas veias as letras transportam a essência.

BeijooO*

Nádia disse...

Tanto talento...



Tanta falta de vir aqui !



Beijo !

Zélia Guardiano disse...

Show, Cris!
Demais!
Sinto, daqui, o calor da explosão!
Bravo!
Enorme abraço, querida.

Pablo Rocha disse...

É bom demais passar aqui e encontrar todo seu talento. Muito bom mesmo, Cris.

Beijos!

brain em braille ,poesia contra o tempo disse...

Esse trem não para!!
Corta a rocha
Leva lava

bjos poetisa!

Saudades!!

valeria soares disse...

No ponto! Ebulição pura.

Pólen Radioativo disse...

Quente... E marcando minha memória com cada palavra. Há dois dias suspiro e transpiro lendo esta poesia, minha flor.

Beijos e cheiros...

Colecionadora de Silêncios disse...

Uau! Vc tá que tá hem!!! Acabei de vir do outro blogue e fiquei sem palavras! (Agora, de novo!)

Arte como a sua é só obsercar e admirar... palavras pra quê??? rs

Vc escreve lindamente, Flor! Parabéns!

Quero aproveitar e te desejar um Natal cheio de paz e alegria junto aos seus. :)
Beijinho

Batom e poesias disse...

Sempre densa e sublime!
Rápida no gatilho e explicitamente significativa.
Gosto muito do seu estilo, Cris.

bj
Rossana

JB disse...

Por agora, venho desejar-lhe um Santo e Feliz Natal, cheio de paz, saúde e amor!

Beijinho

Jorge Pimenta disse...

cris, amiga-poeta e parceira,
a bênção foi-me concedida a mim: tu tens a delicadeza do cris.tal no gesto, na voz e no nome.
que 2011 nos traga ainda mais poesia e que a nossa amizade continue a rasgar as ondas do atlântico!
beijos natalícios para ti e todos os que amas!

REGGINA MOON disse...

Cris querida!!

"Que a mensagem de fé e esperança do Natal renove nossas forças para continuar lutando no Ano Novo que anuncia."

FELIZ NATAL!!!

Beijos!!!

Reggina Moon

Nocturna disse...

A ferro e fogo vc transPIRA, e EU PIRO ...
Beijos Cris Azul!